O fantástico universo do vídeo marketing: como usar o poder dos vídeos para conquistar clientes na internet

O fantástico universo do vídeo marketing: como usar o poder dos vídeos para conquistar clientes na internet

Você sabia que 90% dos consumidores online dizem que o vídeo ajuda a tomar decisões de compra? E que adicionar um vídeo ao e-mail marketing pode aumentar as taxas de cliques em 200 a 300%?

Impressionado? Legal, mas existem muitos outros dados que ajudam a entender melhor a importância dos vídeos para o seu negócio. Relatei muitos deles no primeiro artigo desta série e vou listar mais coisas neste aqui.

Antes de continuar, tome você mesmo como exemplo e pense sobre os seus hábitos: quanto tempo você passa assistindo vídeos na internet e quanto gasta consumindo outros tipos de conteúdo?

vídeo marketing

O mundo está mudando, bem rápido por sinal, e suas estratégias de marketing não podem ficar para trás, principalmente tendo em vista que os consumidores têm o poder nas mãos. Eles é quem decidem o que querem ou não consumir na internet.

O vídeo tem sido escolhido por milhares de pessoas. E como elas querem se sentir bem sobre suas escolhas, o vídeo marketing, quando feito corretamente, é a melhor maneira de criar esse sentimento.

Neste artigo vou te mostrar todas as informações que você precisa para aumentar seus resultados através desta estratégia. Se você quer realmente fazer a diferença com seu marketing de conteúdo, comece a viajar pelo fantástico universo do vídeo marketing!

A evolução da comunicação e a relação com o vídeo marketing

vídeo marketing

A primeira TV produzida em série foi criada por volta de 1946. É um tempo muito curto se compararmos a TV em 1946 − que não tinha nem cor, e mais parecia um rádio − com as tecnologias que temos hoje. É realmente incrível pensar que a comunicação mudou tanto em tão pouquíssimo tempo.

Atualmente, nenhum consumidor é obrigado a ver comerciais em TV por mais sofisticada que ela seja. Eles podem ter acesso aos mesmos produtos na internet, desde que a promoção seja feita de forma que o agrade. Por isso que tem gente que afirma categoricamente que a internet vai matar a televisão. Será?

Uma coisa é certa: as empresas precisam investir hoje nas melhores estratégias para chamar a atenção do seu público e “merecer” a visibilidade dele. Nesse caso, o vídeo marketing tem um potencial indiscutível. Deixar de acompanhar esta tendência pode ser crucial para o fracasso com seu marketing digital.

Estou sendo exagerado? Não, nem um pouco.

O vídeo marketing é isso e muito mais

O marketing tem como objetivo estabelecer uma relação entre sua empresa e o cliente. Ele abrange diferentes técnicas para chegar a um excelente resultado, como pesquisas para desenvolvimento de produtos, distribuição, preço e, por fim, a promoção (publicidade e propaganda).

No marketing, é necessário envolver muitas destas técnicas para alcançar o seu público-alvo, ou seja, o público que realmente se interessa e possui potencial de compra para o seu tipo de produto.

No vídeo marketing, você pode se valer de táticas multimídia persuasivas para chamar a atenção dos clientes e criar uma relação de proximidade.

Desde o século XX o potencial dos vídeos é explorado pelo marketing, e agora, na era da internet, eles continuam ativos, só que ainda mais poderosos.

Para se ter ideia, 72% das pessoas assistem a vídeos em dispositivos móveis. Isso é o que aponta um estudo feito pela Ericsson. Na pesquisa mais de metade dos entrevistados considera computadores e conexão à internet parte fundamental dos seus hábitos de consumo de TV e vídeos.

E tem mais…

75% das pessoas assistem televisão e utilizam os dispositivos móveis ao mesmo tempo. Outra tendência, chamada de “place-shifted viewing” (algo como “visão descolada”), é o hábito de assistir a um mesmo conteúdo em diferentes locais e horários

Além disso, 41% dos entrevistados com idade entre 65 e 69 anos fizeram streaming de conteúdo on-demand ou o consumiram em mais de um device mais de uma vez por semana.

vídeo marketing

Os benefícios do vídeo marketing são inúmeros, e até agora te mostrei várias razões para usá-lo, não é mesmo? Eu poderia parar por aqui, mas calma, a brincadeira está só começando. Existem mais coisas para você considerar.

vídeo marketing

Sim, por favor.

Vídeos expressam melhor do que outras formas de comunicação

Enquanto um texto de blog possui de 500 a 3.000 palavras, por exemplo, um minuto de vídeo equivale a 1,8 milhões de palavras, segundo um cara chamado James McQuivey.

Sobre as formas de comunicações, destaco o seguinte:

  • As palavras escritas devem seguir um formato para estar de acordo com as normas cultas ou acordos ortográficos, sendo menos amplo. Além disso, não são todos que possuem tempo para ler;
  • Fotografias devem revelar por si só todo um conteúdo e abre espaço para várias interpretações, nem sempre alcançando o público-alvo;
  • A televisão está perdendo espaço para os vídeos em redes digitais, e nos horários de comerciais é natural que a audiência caia.

Amigo ou amiga que me lê, eu sou apaixonado por escrita, adoro criar conteúdo em texto, mas fatos são fatos. Eu tive que me render aos vídeos. E pelo jeito você também vai.

A forma mais ampla de tornar seu conteúdo mais interessante para o público em geral, é investir em informações através dos vídeos.

Neles você pode ser mais “irreverente”, criativo e gerar abordagens atrativas, curiosas, diferentes e tudo mais; neste formato sua empresa garante aumentar a audiência.

Vídeos geram confiança

Muitas empresas atualmente contratam youtubers e outras figuras conhecidas para divulgar seus produtos. Já parou para pensar no motivo?

Simples: é muito mais fácil ser influenciado a comprar por alguém que as pessoas admiram, gostam e escolhem assistir, do que “obrigar” o público a ver um conteúdo e esperar que confie na marca sem ter algum tipo de experiência.

A imagem já era utilizada antes nos comerciais de TV, quando as empresas contratavam grandes artistas para representar a marca. Com a evolução da comunicação, alguns influenciadores passaram a ser pessoas que fazem vídeos de entretenimento para as redes digitais.

Mesmo sem considerar investir em um grande youtuber, a imagem de uma pessoa um tanto influente falando sobre algo gera uma confiança maior e empatia pelas dinâmicas que o vídeo marketing permite.

Como prova disso, é só pensar se confiamos mais em alguém que nos liga para vender um produto/serviço ou em uma pessoa que podemos ver, pessoalmente, por exemplo.

Aliás, tem dois dados que fazem ponte com isso:

  • Incorporar vídeos em landing pages pode aumentar as taxas de conversão em 80%.
  • 64% dos clientes são mais propensos a comprar um produto online depois de assistir a um vídeo sobre ele.

Está doido para gravar seus vídeos, não é mesmo?

Os vídeos tornam-se virais

Mesmo que um vídeo fale sobre um produto, é muito mais fácil abrir para ver o vídeo, gostar do conteúdo e compartilhar, do que fazer o mesmo com um texto. Os vídeos possuem capacidade de se tornar virais quando interessantes.

Todo o trabalho que sua empresa teria com investimentos e formas de divulgação não são tão preocupantes, considerando que o próprio cliente faz uma parte disso por você. Ele compartilha o conteúdo para que a sua rede de amigos veja e se interesse.

Abaixo segue um exemplo de vídeo que viralizou na rede. Ele passou das 11 milhões de visualizações no YouTube em apenas 3 dias. A história, que dura pouco mais de um minuto, mostra um idoso que usa um recurso comovente para reunir a família na ceia de Natal.

Mas tome cuidado, porque o viral é uma via de mão dupla, que pode trazer sucesso se o seu conteúdo realmente for criativo e inovador, ou ser visto de forma negativa, dependendo do tipo de informação que esteja nele.

Muito bem, agora que você já está ciente das principais vantagens do vídeo marketing para sua empresa, é hora de saber como colocar isso em prática!

Está gostando do artigo? Cadastre seu e-mail para receber mais conteúdo sobre marketing digital e marketing de conteúdo, clique aqui.

Como fazer vídeo marketing e alcançar resultados de negócio

vídeo marketing

Para alcançar resultados incríveis com o vídeo marketing, é preciso seguir alguns passos que traz uma combinação ideal para qualquer tipo de negócio. Veja quais são eles!

Comece pelo marketing

O primeiro passo de todo negócio é o planejamento, portanto, defina o seu público. Considere informações dos clientes que deseja alcançar, como:

  • Idade;
  • Gênero;
  • Desejos;
  • Dúvidas frequentes;
  • Hábitos de compra e navegação;
  • Redes sociais que mais compram ou navegam;
  • Linguagem que mais se adéqua ao público;
  • Classe social.

Essas são algumas das informações que você deve ter para definir seu posicionamento, ou seja, a posição que deseja ocupar na mente do cliente.

Não se engane! Algumas empresas acham que quanto mais generalizar as informações, maior será o público para alcançar; mas o marketing geralmente funciona melhor especificando ao máximo os tipos de clientes que possuem potencial de compra.

É a velha história de que quem não sabe aonde quer chegar, não acerta o caminho. Não ignore isso!

Crie um conteúdo incrível

É preciso gerar um bom conteúdo,  fornecer algo relevante e importante ao seu público, pois só assim quem deu o play em seu vídeo vai tomar a ação que você quer que ele tome. Um bom conteúdo é fundamental para o sucesso e a sobrevivência de sua empresa na web.

É ele o ativo que vai aproximar sua marca do público, gerando confiança e obtendo resultados indiscutíveis com o vídeo marketing. Para você não errar nisso, eu aconselho fortemente que você faça um curso que te ajude a elaborar bons temas na hora de gravar vídeos para lançar na internet.

Um que é muito bom, que eu fiz e recomendo é o Conteúdo Para Vídeos, do Camilo Coutinho (para conhecer, só clicar na imagem).

vídeo marketing

Use vídeos no seu blog

Os vídeos tornam seu espaço digital mais atrativo ao público, além de informativo e relevante. Você pode criar posts no seu blog totalmente dedicados aos vídeos, ou fazer uma mescla entre textos, gráficos e vídeos. Isso pode trazer vários resultados, como ampliar a atração para seu conteúdo, tornar o blog multi-informativo, aumentar o tempo de permanência em suas páginas, etc.

As opções são inúmeras, não se limite apenas a um vídeo constitucional. Sua empresa pode apostar, por exemplo, em vídeos explicativos, animações dos principais serviços da empresa, curiosidades sobre os negócios, demonstrações dos bastidores da empresa, promoções, reviews de produtos, etc.

Alguns blogs criam até uma aba no menu principal para os vídeos, onde os usuários podem acessar os principais conteúdos produzidos nesse formato.

Aposte nas redes sociais

Você pode publicar vídeos exclusivos nas redes sociais. Compartilhar links dos vídeos nem sempre é suficiente, quanto partes mais importantes de um vídeo publicados diretamente na plataforma do Facebook, por exemplo.

As pessoas têm pressa, e quando você compartilha um link, ele tem que clicar e esperar abrir, isso passa a impressão de que ele terá um trabalho maior para assistir o conteúdo.

Já na linha do tempo, o vídeo, geralmente, já reproduz e é mais fácil de chamar a atenção do cliente, até pela facilidade.

Facebook

Facebook é a maior rede social do mundo, com mais de 1 bilhão de usuários. No Brasil ela lidera o número de acessos diários e é também uma das que mais vêm trazendo inovações no que diz respeito aos vídeos, inclusive disputando diretamente com o YouTube.

Além dos formatos tradicionais, é possível fazer transmissões ao vivo, colocar vídeo no lugar da foto de perfil em vídeo e fazer diferentes anúncios nesse formato.

De acordo com uma pesquisa divulgada pelo BuzzSumo, publicações em vídeo geram mais engajamento do que posts com apenas textos ou imagens, e a quantidade de vídeos compartilhados está se tornando cada vez maior, ao contrário dos conteúdos estáticos.

Instagram

vídeo marketing

Depois de fazer sucesso como a principal plataforma de fotos do mundo, o Instagram começou a aceitar vídeos curtos. Hoje há inúmeras possibilidades de publicação, como vídeos pequenos para engajamento.

No iPhone (iOS), pode-se criar vários takes de um mesmo vídeo. No Android, é possível criar um take contínuo. Depois você juntar várias partes de vídeos diferentes e também pegar vídeos que foram editados no computador, baixados para o smartphone e criar um novo para postar no Instagram.

Além disso, ainda tem o Stories, onde a pessoa pode compartilhar momentos do dia em foma de vídeos curtinhos, assim como no SnapChat.

Twitter 

Não, o Twitter não morreu, e, dependendo do caso, pode ser muito útil numa estratégia de vídeo marketing. Este formato está se tornando central para conversas em tempo real que acontecem na rede.

Tuítes com vídeos na plataforma aumentaram mais de 50% desde o começo de 2016. E as pessoas podem assistir a conteúdos atemporais, importantes e divertidos compartilhados por lá.

Crie um canal no YouTube

O YouTube é o maior portal de vídeos do mundo e ganhou tanta força que se tornou uma das maiores redes sociais; atualmente sendo acessada por várias pessoas que podem postar vídeos em todas as categorias. Apesar das mudanças de política da plataforma, muita gente ainda aposta nele para ganhar dinheiro com seus vídeos.

Assim, com tantos acessos e usuários, o YouTube inseriu comerciais em vídeos e em outras ações através do Google AdWords. Além disso, você pode promover diversos tipos de coisas diretamente, além, é claro, de poder vender os seus próprios produtos.

Eu mesmo comecei a apostar no YouTube há alguns meses e tenho colhido muitos frutos. Minha visibilidade e alcance aumentaram e uma parte considerável do tráfego gerado aqui no blog vem do meu canal oficial.

vídeo marketing

Para ter um canal de sucesso, é bom você conhecer o Checklist Essencial Para Vídeos criado pelo já citado Camilo Coutinho, que é hoje um dos maiores especialistas em YouTube no país.

Checklist Essencial Para Vídeos transfere para você toda a experiência dele em aulas práticas e 200% aplicáveis. Você vai saber cada passo que deve fazer para subir seus vídeos com a padronização usada pelos maiores profissionais do Brasil.

vídeo marketing

Além dele mostrar para você cada passo que você deve tomar para subir seus vídeos com sucesso, sem erros e sem perder tempo, ele também explica de forma fácil o porquê de cada uma das “micro-tarefas” que você deve executar para que seus vídeos sejam padronizados e consigam atingir um grande número de visualizações.

E sabe que é irado? O curso custa menos que um lanche no McDonald’s, apenas 20 reais. Isso mesmo que você leu.

Como o próprio nome diz, ele é essencial para todas as pessoas que desejam profissionalizar ao máximo o seu canal do YouTube e começar gerar resultados com ele. Quer conhecer mais? Clique aqui.

Feito mais este mechan, vamos prosseguir….

Ideias que deram certo para você se inspirar

Abaixo listei uma série de campanhas de vídeo marketing que se tornaram virais. Assista cada um e se inspire para criar conteúdos tão ou mais criativos e poderosos do que eles para sua marca fazer a diferença na internet.

Promoções irresistíveis

O Walmart e a Visa criaram uma promoção em 2010, que os clientes tinham que pedir descontos. Cada semana havia a promoção de um produto em uma rede social e divulgadas nos sites, mas para que ele atingisse o enorme desconto oferecido, teria que haver o engajamento por parte do público.

Sequência rica em conteúdo em lançamentos

O marketing de conteúdo é uma estratégia extremamente importante, você já utiliza? Trazer conteúdos que agreguem valor para os clientes e que trazem informações que ele não encontra em outro lugar, faz com que o privilégio seja dele de assistir.

Em 2016, meu amigo Rafael Rez criou uma sequência incrível de vídeos chamada Marketing hacks em seu canal no YouTube. Foi uma forma de entregar valor antecipadamente aos alunos do curso que iria lançar com o mesmo nome. Eu assisti a série toda. Simplesmente incrível!

Venda segurança

Um vídeo que eu, ex-jogador de fliperama e muitas outras pessoas gostaram, foi um que o personagem Ryu, do Street Fighter, destrói carro em comercial de companhia de seguros. Veja que legal!

Quem irá dizer que não existe razão?

Sei que você pode sentir um pouco de raiva das operadoras de celular, pelo serviço “excelente” que elas entregam, mas em se tratando de vídeo marketing, a Vivo acertou em cheio numa campanha de 2011. Eles lançaram uma versão do clipe Eduardo e Mônica, da Legião Urbana, para o Dia dos Namorados.

Use o vídeo para se relacionar com o público

Utilize a imagem como poder de influenciar e atender a pedidos do público. Uma marca muito conhecida por utilizar vídeo marketing é a Old Spice, que atinge a cada vez mais admiradores e adeptos aos vídeos engraçados e um tanto quanto esquisitos.

A marca acertou em cheio ao lançar a campanha “The Man Your Man Could Smell Like”, que de tão positiva, gerou uma ação chamada “Responses”, tentando atender aos inúmeros comentários divulgando a marca e pedidos dos internautas por mais vídeos como aquele. A marca lançou uma série de 185 vídeos para satisfazer as vontades do seu público.

“Lance maldições” (por favor, isso é apenas uma piada)

É difícil contar as pessoas que não se lembram da música dos pôneis malditos, lançada pela Nissan em sua estratégia de vídeo marketing. Além de ironizar um problema comum de uma forma engraçada, também deixa um recado hilário ao final do vídeo que promete deixar a música na cabeça do público que não repassar o vídeo para 10 pessoas.

Apesar de polêmico, o vídeo irreverente deu muito certo; foi uma das campanhas mais premiadas, comentadas e compartilhadas em redes sociais há alguns anos.

O caminho do vídeo marketing é ideal

Comece hoje mesmo a elaborar suas estratégia de vídeo marketing. Gere conteúdos que agreguem algo para seu cliente e que instigue a assistir. Independente do caminho escolhido para alcançar o público através do vídeos, use a criatividade dentro do seu contexto e seja relevante sempre.

As informações e ideias aqui apresentadas, com certeza, podem te ajudar a alcançar seus objetivos.

Viu? O artigo nem foi tão grande assim!

Antes de fechar a página, deixe um comentário com sua opinião sobre o fantástico universo do vídeo marketing.

About Paulo Maccedo

Paulo Maccedo é analista de marketing pela Universidade Metodista de São Paulo, especialista de marketing de conteúdo, copywriter e autor. Escreveu 4 livros de negócios, entre eles, A Arte De Escrever Para a Web, que ficou entre os mais vendidos na Amazon por 3 vezes. Já publicou mais de 2000 artigos em jornais, revistas, sites e blogs.

Este post tem um comentário

  1. Agradeço à Kissila Chapinell, nossa futura jornalista que reuniu muito bem as informações para que este conteúdo fosse produzido. 🙂

Deixe uma resposta

Fechar Menu